Livro sobre a História da Ornitologia no Paraná ganha seu segundo volume

A Prancha 179 da obra de Temminck & Chartrouse (1838, vol.2), mostrando o desenho da choquinha-lisa (Dysithamnus mentalis) ou “Fourmillier tachet” (macho acima, n° 1; fêmea no centro, n° 3), traçado com base em material coletado por Natterer em Curitiba.

Acaba de ser lançado (27 de setembro), o segundo volume do livro “Ruínas e urubus: História da Ornitologia no Paraná” de autoria de Fernando C.Straube. A obra faz parte da coleção Hori Cadernos Técnicos, uma iniciativa da Hori Consultoria Ambiental que pretende tornar disponíveis estudos e revisões sobre as ciências biológicas, em formato simplificado e com acesso livre e gratuito pela internet. O lançamento coincide com o Dia da Ornitologia Paranaense que, neste ano de 2012, comemora o seu Centenário. O corpo do livro analisa as contribuições – entre 1820 e 1834 – de pesquisadores, cronistas e desenhistas que, de alguma forma, participaram no avanço hoje disponível no conhecimento da avifauna do Paraná. Nomes conhecidos são abordados neste volume, como Auguste de Saint-Hilaire, Johann Natterer e Friedrich Sellow, mas também são consideradas as participações do pintor Jean Baptiste Debret e da rápida passagem, em solo paranaense, da Expedição Langsdorff.  A obra está disponível no site www.hori.bio.br  (> Cadernos Técnicos) e também em outros veículos da internet.

Download do Livro aqui na RBHA (4,35 mb)